SITUAÇÃO PROBLEMA
Nos seres humanos, dotados de uma inteligência superior a qualquer outro se vivo, procurando há séculos explicar cientificamente nossa origem. Como funciona a engrenagem do Universo? Como ele surgiu? Quem sou eu perante a imensidão do Universo?. Muitos pensadores como Aristóteles, Ptolomeu, Sócrates, Platão, Copérnico, Galileu Galilei, Tycho Brache, Kepler, Edwin Hubble, George Gamow, Einstein, entre outros, dedicaram grande parte da vida deles tentando explicar nossa origem. Neste momento você irá colocar a sua inteligência superior a disposição da humanidade explicando a origem do universo em dois âmbitos, a científica, do Big Bang, e a origem segundo o ponto de vista cristã. Ainda do ponto de vista da Física, você irá mostrar para onde você e toda a humanidade vai.
Sempre leve em conta os conceitos e questionamentos levantados pelo grupo.


14 Responses to “Origem do Universo. Grupos 1 e 5”


  1. 1 Daniela, Gabriela, Fernanda, Latoya e Samantha. 1°B
    março 11, 2010 às 8:25 pm

    Big Bang.

    Uma das teorias científicas mais aceitas para dar significado à origem do universo é a do Big Bang, a grande explosão apresentada por Georg Gamow, Alexandre Fridmam, Georg Lamaítre e Albert Einsten com a teoria da relatividade, essa explosão ocorreu em fração de segundos, não se sabe o que existia anteriormente porém depois formaram-se estrelas, planetas, galáxias e núcleos.
    Após a criação do universo surgiram várias dúvidas a esse respeito causando muitas pesquisas comprovadas ou não.
    O universo não é considerado infinito, vem se expandindo muito e rápido, pois as partículas aumentam enormemente. Seu final ou morte, pode ser baseado em algo térmico ou seja perda de energia na natureza relacionada ao calor podendo ser destruído em um descontrole total que diz a teoria do Big Rip.
    A temperatura da matéria teve alteração, antes era concentrada em um único ponto baixando a temperatura. Até hoje discuti-se a veracidade onde a terra foi criada em 7 dias ou pela “Grande Explosão”, em ambas tudo começou com um grande clarão em um único instante.
    Nossa origem está vinculada a grande explosão por isso afirma-se que somos a poeira das estrelas, ou seja, da criação do universo.

  2. 2 Lediane Goulart
    março 14, 2010 às 4:36 pm

    1ºC – Grupo 1 (Lediane,Helena,Camila Garcia,Lucas Eduardo,Jessica Nicole)
    Cap. 1 Big Bang: A Grande Explosão.

    O PRINCIPIO DE TUDO.

    Antes da grandeexplosão big bang havia pequenos pontos como um bilionésimo do tamanho de um próton.Em função dos fatores físicos houve a expansão subta (temperatura, pressão e densidade), era muito quente, denso e desorganizado, evidentemente não existia vida.
    O big bang é a teoria cientifica mais aceita para explicar a origem do universo, ocorrido a partir da expansão de um pequeno ponto da matéria e energia e até mesmo as quatros dimensões do tempo e do espaço, explodiram.
    O universo dobrou de tamanho, conseqüentemente sua temperatura caiu pela metade, conforme o universo se expande, ele se esfria. Após a expansão, nuvens de poeira e gás se transformaram em estrelas de nuvens gasosa, assim veio o sol e os planetas, formando o sistema solar, 1,7 milhões de anos surgiu o homem .
    Hoje sabe se que prótons e nêutrons são constituídos de partículas menores, chamadas quarks mantidas pelos gluons. Há cientistas que afirmam que é possível um novo big bang, pois o universo continua em expansão desde o ultimo big bang e isso faz com que as galáxias se aproximem, fazendo movimento inverso.
    O universo pode ser considerado finito ou infinito, depende do ponto de vista de cada pessoa. Ele está se expandindo mais rápido do que a velocidade da luz, sendo assim não somos capazes de observar.
    Existem várias teorias que pré vem, como irá ser os últimos dias do universo.Uma delas é o Big Cruch, a teoria diz que o universo passará seus últimos dias congelando e contraindo se, outra é o Bing Rip que diz que a velocidade de expansão do universo atingira uma velocidade acima do nível do critico, isto causara deslocamento de todo tipo de matéria, e então as galáxias se isolariam, e depois de alguns bilhões de anos os próprios átomos se desentregariam, mas a também quem diga que o universo chegará ao ponto de não se expandir mais e começará a perder energia, ficando tudo em um imenso breu sem vida.
    Além das teorias cientificas de inicio e fim do universo, há também as teorias cristãs, que dizem que o universo foi criado por Deus e o fim irá ser através dele também.Aos olhos da física não existe nem uma semelhança entre a criação do universo e a teoria cristã, mas há quem acredite.Há quem diga que na citação bíblica, do Antigo Testamento, o primeiro livro de Moisés, chamado Gênesis,pode se interpretar a luz como sendo a grande explosão, o big bang.

  3. 3 Gustavo laurentino,Lukas graziottin,matheus martins,gabriel muller,luis
    março 14, 2010 às 8:10 pm

    A origem do universo

    Existem 2 teorias para origem do universo,a do criacionismo e a do Big Bang.A do ciracionismo diz que em 6 dias Deus criou tudo por partes,já a do big bang,q é aprovado pela maioria dos cientistas,diz que tudo veio de uma grande explosão q iremos explicar agora.
    Há 13.7 bilhões de anos, um átomo primordial menos q uma cabeça de um alfinete explodiu devido aos fotores presão, vibração, calor, foi ai q tudo começou.logo no inicio, matéria e energia se separaram, o universo é transparente e após 3 min da explosão a temperatura caiu para -550 minlhões de graus celcios, frio o bastante friu o bastante para criar núcleos átomicos, foi quando surgiu o hidrigênio,e então algums átomos de hidrogênio de funden criando o hélio.
    Aglomerados de matérias, forman protogaláxias , onde núcleos mais pesados foram sintetizados.
    Formas de vida começam aparecer.10,3 bilhões de anos depois, se forma o nosso sistema solar com planetas e órbitas,até quem 15 bilhões de anos depois da explosão surgem os primeiros seres humanos.

    • 4 Vivan,Thaís,Laila e Malu
      março 17, 2010 às 2:00 pm

      A Teoria do Big Bang

      Antes de haver o mundo e o universo nos quais vivemos; havia algo? Bom, na verdade, tudo quanto se relaciona ao assunto, é teoria, mas vamos ao descoberto: estudos contam que antes do big bang, toda matéria e energia, estavam compactadas, em um momento extremamente pequeno, quente e denso, formado por hélio e hidrogênio. Portanto, devido a tanta temperatura e densidade, esse minúsculo ponto explodiu, dando origem ao que chamamos de Big Bang.

      Mas o que significa o Big Bang? A tradução do tero é: grande explosão. Mas o significado científico, diz que é uma teoria que explica a origem do universo desde o momento em que surgiu, até os dias de hoje. é também um modelo científico que tenta explicar o por que o universo é da maneira que é. E para os cientistas é a teoria mais aceita sobre o desenvolvimento do nosso universo. Mas, para que tudo procedesse da malhor maneira, estudos e análises minuciosos tiveram que ser realizados, Hubble, por exemplo, descobriu que as galáxias estavam se afastando, então mediu a velocidade com que isso acontecia, e descobriu que quanto maior a distância entre as galáxias, mais rápido elas se afastavam. Já outros cientistas, previram que se houve mesmo um Big Bang, deveria existir uma radiação ( Radiação Cósmica de Fundo ), inclusive foi calculado o nível desta radiação, ( que deveria ter a temperatura de algo próximo a três graus Kelvin), e então na década de 60, dois cientistas coseguiram detectá-la, e ela tinha exatamente 2,7 graus Kelvin.

      Então, sabe-se que, após a explosão, a matéria começou a aesfriar, mas por quê?

      Como a matéria estava toda junta e com temperaturas extremamente elevadas ela se expandiu e se espalhou e assim a temperatura diminuiu. Depois que toda a matéria se espalhou, formou-se os primeiros átomos , que foram de Hidrogênio e Hélio. E logo atrás deles vieram os glúons, que são partículas que compõe prótons e nêutrons, e os quarks, que são aprtes ainda menores de um átomo.

      Quanto ao Big Bang, alguns careditam que essa é a única e primeira explosão da grandeza já conhecida. Mais alguns outros cientistas propõem teorias de um universo cíclico, onde este seria composto por seqüências intermináveis de Big Bangs que nunca tiveram inicio e nunca terão fim. Afinal, o universo é infinito ou não? Bom, alguns acreditam que se o universo esta se expandindo de um tamanho inicial para um tamanho final, como pode ser infinito? O universo pode ser considerado infinito no tamanho, apesar de estar constantemente aumentando e a idéia mais aceita é de que ele é infinitamente maior que qualquer número. E com esse tamanho todo seria possível a destruição do univero? cientistas apostam nas teorias como o Big Rip e o Big Freeze.

      A teoria do Big Rip ( Grande Ruptura): Diz que em um futuro distante a expansão será tão rápida que os átomos irão simplesmente se despedaçar, deixando-nos em um universo banhado por quarks, nêutrons, elétrons e fótons. Já o Big Freeze (grande congelamento) diz que a expansão vai continuar para sempre até chegar em um universo frio, sem vida, calor e luz. Uma das possibilidades era o Big Crounch, mais através de estudos feitos com telescópios modernos e aceleradores de partículas essa teoria foi deixada de lado. E uma outra posibilidade seria que a energia e a matéria negra se igualassem e assim o processo seria semelante ao big freeze.

      O Big Bang permite nos entender como tudo começou mais quais os cientistas que desenvolveram essa teoria? Acreditasse que centenas de estudiosos ajudaram co uma pequena aprte de pesquisas, mas os mais influentes foram: Albert Einstein Edwin Hubble, Alexander Friedmann e Georges Lamaêtre. Ouve-se bastante por aí que ” somos poeiras das estrelas” esse termo quer dizer que após a explosão a matéria se espalha, ou seja, a “poeira” e começa a formar as galáxias, os planetas, os elementos, e tudo que existe no nosso universo, como surgimos na sequência disso existe uma filosofia que diz que: “ somos poeiras das estrelas”.

      Mas nem tudo é só ciência pois também existe o lado cristão para esse procedimento, pois a Igreja não acredita no Big Bang, e sim no criacionismo. São Tomás de Aquino afirmou sua Suma Teológica que Deus não pode ser mudado nem alterado, nem mesmo com o tempo; ele diz que os prórpios cientistas se contradizem pois afirmam ter uma explicação para tudo, mas para o inicio não não há nenhuma explicação. Por tanto para o criacionismo Deus não é uma teoria, não é algo que pode ser inovado. Ele sim é infinito e constante, consequentemente não pode ser alterado. Mais inexplicavelmente há uma relação entre a teoria cristã e a científica, pois enquanto Deus criava os céu e a terra, energia e matéria se separavam, e cada ação de Deus pode ser correspondida por um fenômeno cientifico.

      Portanto teorias e ideias vão por mil anos luz, e o nosso grupo acredita que nunca haverá uma resposta concreta que satisfaça a todos.

  4. 5 1ºC - Grupo 1 (Lediane,Helena,Camila Garcia,Lucas Eduardo,Jessica Nicole)
    março 14, 2010 às 8:39 pm

    1ºC – Grupo 1 (Lediane,Helena,Camila Garcia,Lucas Eduardo,Jessica Nicole)
    Cap. 1 Big Bang: A Grande Explosão.

    O PRINCIPIO DE TUDO.

    Antes do big bang havia um pequeno ponto com um bilionésimo do tamanho de um próton.Em função dos fatores físicos houve a expansão subta (temperatura, pressão e densidade), era muito quente, denso e desorganizado, evidentemente não existia vida.
    O big bang é a teoria cientifica mais aceita para explicar a origem do universo, ocorrido a partir da expansão de um pequeno ponto da matéria e energia e até mesmo as quatros dimensões do tempo e do espaço, explodiram.

    O universo dobrou de tamanho, conseqüentemente sua temperatura caiu pela metade, conforme o universo se expande, ele se esfria. Após a expansão, nuvens de poeira e gás se transformaram em estrelas de nuvens gasosa, assim veio o sol e os planetas, formando o sistema solar, 1,7 milhões de anos surgiu o homem .
    Hoje sabe se que prótons e nêutrons são constituídos de partículas menores, chamadas quarks mantidas pelos gluons. Há cientistas que afirmam que é possível um novo big bang, pois o universo continua em expansão desde o ultimo big bang e isso faz com que as galáxias se aproximem, fazendo movimento inverso.
    O universo pode ser considerado finito ou infinito, depende do ponto de vista de cada pessoa. Ele está se expandindo mais rápido do que a velocidade da luz, sendo assim não é capaz de observar.

    *Existem várias teorias que pré vem, como irá ser os últimos dias do universo.Uma delas é o Big Cruch, a teoria diz que o universo passará seus últimos dias congelando e contraindo se, outra é o Bing Rip que diz que a velocidade de expansão do universo atingira uma velocidade acima do nível do critico, isto causara deslocamento de todo tipo de matéria, e então as galáxias se isolariam, e depois de alguns bilhões de anos os próprios átomos se desentregariam, mas a também quem diga que o universo chegará ao ponto de não se expandir mais e começará a perder energia, ficando tudo em um imenso breu sem vida.
    Além das teorias cientificas de inicio e fim do universo, há também as teorias cristãs, que dizem que o universo foi criado por Deus e o fim irá ser através dele também.Aos olhos da física não existe nem uma semelhança entre a criação do universo e a teoria cristã, mas a quem acredite.Há quem diga que na citação bíblica, do Antigo Testamento, o primeiro livro de Moisés, chamado Gênesis,pode se interpretar a luz como sendo a grande explosão, o big bang.

  5. 6 Camila M. Blatt
    março 15, 2010 às 1:49 pm

    1 ano C – grupo 5 (Camila, Isabela, Ketlyn, Marina e Marina)

    Big Bang: A grande explosão

    A teoria científica mais aceita para explicar a origem do universo é a teoria do Big Bang. Antes disso, só havia um minúsculo ponto, do bilionésimo do tamanho de um próton que devido à temperatura, pressão e densidade infinita, causou uma expansão súbita. Após isso, a temperatura foi esfriando e surgiram estrelas de nuvens de poeira e gás e de nuvens gasosas veio o sol e os planetas, pois quanto mais o universo cresce, mais resfria.
    Desde então, o universo tem se expandindo cada vez mais e mais rápido por causa da atração gravitacional, como publicou Albert Einstein na sua teoria gravitacional e Edwin Hubble, após medir a distância entre a Terra e galáxias vizinhas. Porém, o universo pode morrer ou ser destruído congelando, contraindo-se ou desintegrando-se, mas o sistema solar acabará antes em função da morte do sol. E assim como falam, somos formados da poeira da estrelas, pois quando elas explodem como supernovas, liberam elementos no espaço que formam a matéria existente.
    Além disso, também há a teoria cristã que pode ser associada com cada etapa da criação de Deus com cada etapa do Big Bang, principalmente quando se fala da “luz”. E até o fim dos tempos, a ciência e religião vão discutindo sobre esse assunto polêmico.

  6. 7 Gustavo laurentino, Matheus Martins, Lukas Grazziotin, Gabriel Muller, Luis Henrique
    março 16, 2010 às 2:32 pm

    Existem 2 teorias para origem do universo, a do criacionismo e a do big bang. A do criacionismo diz quem em 6 dias Deus criou tudo por partes, já a do big bang, que é apoiada pela maioria dos cientistas, diz que tudo veio de uma grande explosão que iremos explicar agora.
    Há 13,7 bilhões de anos, um átomo primordial menos que a cabeça de um alfinete, devido aos fatores, pressão, vibração e calor, foi aí que tudo começou. Logo no início, matéria e energia se separaram, o universo transparente, e após 3 minutos da explosão a temperatura caiu para -550 milhões de graus celcius, frio o bastante para criar núcleos atômicos, foi quando surgiu o Hidrogênio, e então alguns átomos de Hidrogênio se fundem, criado o Hélio.
    Aglomerados de matéria, formam protogaláxias, onde núcleos mais pesados são sintetizados. Formas de vida começam a aparecer, 10,3 Bilhôes de anos depois, se forma nosso sistema solar, com planetas e órbitas, até que 15 bilhões de anos depois da explosão, surgem os primeiros seres humanu

  7. 8 1º B-(Isabela Cadori,Guilherme Laurentino,Victor Santos,Marcelo de Macedo, Stefany Lapa)
    março 30, 2010 às 5:56 pm

    Existem várias teorias sobre a criação do universo, até porque na ciência tudo é na base da teoria, e nada é uma certeza absoluta. A teoria mais aceita até hoje é a do Big Bang, mas os cristãos não concordam, eles acham que foi Deus quem criou a Terra e o universo.
    Na teoria do Big Bang diz que tudo começou através de uma grande explosão. O universo criou-se a partir de um ponto mínimo, menor que a cabeça de uma agulha, onde estava concentrada muita temperatura, densidade, energia e agitação molecular.
    A prova física desse acontecimento, diz que o universo ainda está em expansão. Cientistas observaram que ao passar do tempo duas estrelas que eram próximas, estão ficando afastadas.
    Depois a tal explosão uma bola muito quente e densa de gás em expansão foi esfriando durante milhões de anos, até começar a condensar e formar galáxias. Durante cinco bilhões de anos seguintes dentro delas formaram-se estrelas e planetas. Após muito tempo, cientistas começaram a aprofundar suas pesquisas e descobriram que tudo que existe na Terra, Lua e nos outros planetas foi gerado nas estrelas. As pedras, os metais, o carbono dos seres vivos, o oxigênio que as pessoas respiram, enfim, tudo. Por isso somos considerados “poeira das estrelas”.
    Existe a hipótese da destruição do universo, que diz que no espaço existem duas forças chamadas Matéria negra e Energia negra, que são opostas e tem a capacidade de desintegrar o universo átomo por átomo. Se as duas se igualarem, o universo aos poucos ficará escuro, frio e sem vida.
    Dois nomes muito importantes para essa teoria são de Albert Einstein e George Gamow. Einstein confirmou a teoria da relatividade geral, revolucionou conceitos de tempo e espaço, energia e matéria, e contribuiu com a formação da teoria Quântica. Já Gamow foi quem apresentou a tal teoria e fez descobertas que ajudou a criar a teoria do PROCESSO URCA.
    Um objeto muito importante para observações desse acontecimento é o telescópio Hubble, que ajuda a transmitir imagens mais detalhadas com os objetos, mais afastados pra a Terra. Seu custo foi em cerca de 2,2 bilhões de dólares.
    Essa é uma das teorias mais aceita pois contém provas físicas, mas ainda é questão de muitos debates e discussões.

  8. 9 Gustavo Lauretino, Matheus Martins, Lukas Grazziotin, Gabriel Müller e Luis Henrique - 1ºA
    março 31, 2010 às 2:11 am

    Texto Final

    Tudo começou com um átomo primordial menor que a cabeça de um alfinete. Através da alta densidade, da pressão e da temperatura, este átomo explodiu espalhando matéria. Depois da explosão; com a expansão, o universo esfria, formando galáxias, e a poeira formou planetas, estrelas, etc.
    Existem 3 tipos de galáxias: as Elípticas, que são amorfas e contém estrelas velhas, avermelhadas e de pouca massa; as Espirais, que são achatadas, contém estrelas jovens e azuis, braços espirais luminosos; e as Irregulares, que são galáxias de pouca massa, poucas estrelas e muito gás.
    A morte das estrelas depende de sua massa. As mais massivas se tornam gigantes vermelhas, e as de menor massa viram anãs brancas. Quando uma estrela morre, ela explode, soltando poeira no espaço, e esta poeira irá formar novas estrelas.
    Outro fato interessante, é que a inclinação de aproximadamente 23,5º que a Terra possui, define suas 4 estações do ano. Pois, se não existisse esta inclinação, o planeta iria sempre receber a mesma quantidade de luz, e o clima seria sempre o mesmo.
    Existem vários pensamentos científicos que foram propostos antigamente. Aristóteles dizia que o universo é esférico e também propôs a teoria dos quatro elementos: terra, água, ar e fogo.
    Copérnio defendia a tese de que todos os planetas giram em torno do Sol. Ele estava correto. Já Pitolomeu, aceitou as idéias de Aristóteles, e deu uma explicação lógica para o acontecimento dos eclipses, ao dar uma explicação sobre os movimentos do Sol e da Lua. Aliás, a Lua é quem forma as marés, devido a sua ação gravitacional.
    Foi proposta também a teoria do Animismo, que diz que tudo tem alma e tudo ocorre por causa dela.

    Temos certeza de uma coisa
    Sempre surgirão novas perguntas de onde viemos

  9. 10 Laila, Malu, Thaís e Vivian
    abril 5, 2010 às 7:58 pm

    Texto final.
    Tudo se inicia no Big Bang, que foi uma grande explosão de um ponto minúsculo, infinitamente quente e denso, e a partir daí tudo começou a se espalhar e a se esfriar, criando então hélio, hidrogênio e lítio, os átomos primordiais. E em sua seqüência, a partir da poeira cósmica, formaram-se galáxias, planetas e as estrelas.
    Para a descoberta de tudo isso, foi necessário que houvesse pesquisas, que foram realizadas em sua grande parte por: Albert Einstein, Edwin Hubble, Alexander Friedman e George Gamow. Dentre esses, dois, foram de suma importância: Einstein e Friedman, onde cada um mostrou uma teoria diferenciada, até que o melhor fosse aceito. Einstein falava da teoria da Relatividade, onde o universo inerte, aceita até então; só anos depois que Alexander concluiu equações mostrando que o universo seria dinâmico e não estacionário, como muitos pensavam até então, até que posteriormente Einstein veio admitir seu próprio erro.
    Mas o início do universo não se baseia só em ciência, pois a igreja tem uma explicação criacionista para o começo de tudo, onde Deus criou o mundo em sete dias e então estava tudo pronto. Seguindo essa teoria, São Tomás de Aquino afirmou que Deus não pode estar errado, sendo que ele não muda e não é alterável como a ciência. Deus é fato e sendo fato não está submetido a mudanças e nem mesmo ao tempo, novos estudos, outras pessoas e melhores teorias, não podem alterar o feito de Deus. Pois ele é único e infinito. Aquino afirmou inclusive que a ciência se contradiz, pois seus estudiosos espalham aos quatros cantos que conseguem uma explicação pra tudo, mas para o início de tudo, não foi encontrada uma explicação.
    Voltando a ciência: na seqüência da formação do universo, surgiram milhares de galáxias sendo elas três tipos diferentes: Elípticas: que são brilhantes e de forma esférica. Espiral: é nesse tipo de galáxia que está nosso sistema solar, e essas galáxias são achatadas, tem núcleo central e estrelas velhas. E por fim as Irregulares, que como o nome já diz são de forma indefinida, tem estrelas azuis e novas, com densidade tão grande quanto a do sol. As galáxias têm por volta de 13 á 14 bilhões de anos, e sua parte mais visível é o disco.
    Nossa galáxia é muito estuda pelos cientistas, e com isso já foram descobertas várias coisas como: o nome da nossa galáxia é Via Láctea, que quer dizer: Caminho de Leite, isso porque ela tem umas manchas esbranquiçadas e que se espalham como se fossem leite. Em nossa galáxia, como em qualquer outra, existem nuvens nebulosas, que atraem a matéria para dentro delas e formam estrelas, que quanto mais novas, são azuis (as que vemos), já quando envelhecem ficam avermelhadas e vão morrendo, por causa da pressão feita pela fusão nuclear e a gravidade, que vai acabando com seu oxigênio. E então quando ele se acaba totalmente ela busca o hélio para sobreviver. A morte das estrelas se diferencia conforme o tipo de estrela que ela é, a Anã Branca, por exemplo, não sofre Supernova, ela vai se apagando e tem uma morte tranqüila.
    Dentro de nossa galáxia existe o sistema solar, que mantém seus planetas em órbita, por conta da força de rotação e translação. Esses dois fatores não os deixam sair de órbita e nem ser atraídos pelo sol. Pois por incrível que pareça, segundo Newton, a lua exerce uma força gravitacional sobre a terra maior que a do sol, isso é interessante, pois o sol é muito maior que a lua; exerce 99% da gravidade do sistema solar.
    Em nosso sistema solar tem também dois cinturões: o de asteróides que está entre Marte e Júpiter, e possui uma quantidade enorme de corpos, grandes e pequenos, densos ou não. E o de Quiper, que está alem de netuno, tem micro corpos de gelo, (por conta da enorme distância do sol) e é maior que o cinturão principal (asteróides).
    A muito tempo, não se conhecia esses estudos e muito menos a tabulação de dados, pois não havia acontecido ainda a Revolução científica, que foi quando a igreja parou de ser o centro de tudo, e o cientista começaram a ter explicação para os fenômenos, que antes quando não estudas e entendidos eram dados como “fenômenos sobrenaturais”, algo que os espíritos faziam e que não tinha explicação, isso era chamado de Visão Animista.
    Um desses “fenômenos sobrenaturais” era o Eclipse que aconteceu quando um corpo celeste bloqueia a luminosidade de outro corpo celeste. Hoje sabemos que o Eclipse não é nada “inexplicável e extraordinário” e que é possível compreender sua formação básica.
    Quando acontece o Eclipse ele projeta duas sombras, a Penumbra que é grande e alcança a terra inteira, porém muito difícil de ser vista. E a Umbra que é pequena e só alcança 250km² da terra. Existem dois tipos de Eclipse o lunar e o solar, sendo que o primeiro é mais fácil de acontecer, mais ou menos duas vezes ao ano ocorre na intervenção da Terra entre a passagem de luminosidade entre o sol e a lua. Já o segundo (solar), é mais difícil – e o próximo acontecerá daqui uns cinqüenta anos; – e acontece quando a lua tampa totalmente a luz do sol que é destinada a terra. E só se é possível vê-lo nesse raio exato de Umbra se não a visão é só parcial.
    Um importante fator para que tudo não se perdesse e as pesquisas pudessem ser contínuas, foi o surgimento da metodologia científica, que foi conquistada por Galileo Galilei, que era amigo de um papa, que o deixou montar a usufruir dessa técnica através de cálculos, e apenas cálculos.
    E é desde então que a ciência vem evoluindo, cientistas pesquisam, provam, publicam; outros relêem, melhoram e contestam, até que se tenha um estudo acessível e que chegue a todos, para ser novamente melhorado e de novo contestado, e assim por diante.

  10. 11 Helena Feiler Rescaroli
    abril 5, 2010 às 9:55 pm

    Grupo 1

    Atualmente existem muitas teorias da origem do universo, como a do cristianismo que afirma que o mundo foi criado por Deus em 7 dias e da biogênica na qual, acredita-se na criação espontânea, e um dos primeiros a explicar foi Aristóteles, segundo ele: “ A vida poderia surgir de alguma matéria bruta de forma aleatória”, porem a mais aceita de todas é a teoria do Big Bang na qual o mundo surgiu através de uma grande explosão proposta por George Gomow.
    Depois dessa explosão surgiram as galáxias, entre elas elípticas: estrelas velhas e com pouca massa. Espirais: estrelas jovens achatadas, azuis, possuem gás. Irregulares: estrelas novas e possuem pouca massa.Um dos componentes das galáxias são as estrelas. O ciclo de vida de uma estrela é o equilíbrio entre a força gravitacional e a pressão interna. Quando uma estrela é nova, é meio azul, quando envelhece se torna vermelha. A morte da estrela depende da sua massa.
    O Big Bang foi o que deu inicio ao sistema solar, ele é formado por 8 planetas e a estrela sol. A ordem dos planetas não foi algo aleatório. Os quatros primeiros são: Mercúrio, Vênus, Terra e Marte, são os mais rochosos. Os próximos quatro são: Jupter, Saturno, Urano e Neturno, são planetas gasosos, formados de elementos leves. Quanto mais perto do sol, menor o tempo de translação e maior a velocidade da órbita.
    O planeta Terra possui dois movimentos, translação (envolta do sol) e rotação ( em volta de si mesmo), devido a inclinação da Terra, temos as estações do ano.
    O fenômeno das marés acontece devido a atração gravitacional da lua em menor intensidade.

    Componentes: Camila G; Helena; Jéssica Nicole; Lediane e Lucas Eduardo
    1º ano C
    Grupo 1

  11. 12 Daniela, Gabriela, Fernanda, Latoya e Samantha. 1°B
    abril 7, 2010 às 12:05 am

    Texto final.(Grupo 5)

    Tudo começou do átomo primordial que é a alta densidade, pressão e temperatura que veio gerar o Big Bang, o átomo explodi espalhando matéria e com a fragmentação destas formou estrelas, planetas e outras galáxias.
    Existem dois tipos de galáxias que são as elípticas, espirais e irregulares. As elípticas são brilhantes e amorfas(sem forma e de pouca massa) elas são avermelhadas que quer dizer que estão mais velhas.
    Aspirais:São de formas achatadas, são estrelas azuis que são mais jovens. Já as irregulares são jovens e possuem pouca massa e mais gás.
    A estrela é uma reunião de gás hidrogênio e hélio frio que se aquece pela atuação da força gravitacional, a morte dela depende de sua massa, as mais massivas(com bastante massa) viram gigantes avermelhadas e depois super gigantes que são de 20 à 25 vezes maior que o sol e quando morre pode virar uma aña branca o marrom.
    Pode-se caracterizar os planetas do sistema solar em duas categorias: Mércurio, Vênus, Terra e Marte, esses são os planetas de rochosos compostos por metais, os próximos são: Júpiter, Saturno, Urano, Netuno eles são compostos por elementos leves(gases)que existe possibilidade de solidificação.
    Existem dois tipos eclipse, o lunar e solar, eles acontecem pelo fato de um corpo ficar em frente ao outro e isso vem a abstrair e luz, interrompendo a sua passagem.
    Um do fenômeno responsável pelas estações do ano é chamado de precessão dos equinócios(movimento para trás)o giro completo, que lembra o movimento de um peão dura cerca de 26.800 anos. Com a inclinação de 23,5 graus do eixo terrestre temos as diferentes estações ao longo do ano nas diferentes regiões do nosso planeta.
    O fenômeno das marés, popurlanmente conhecida por marés altas e baixas acontece devido a atração gravitacional da lua e do sol sobre a terra

  12. 13 Nathalia Araújo
    outubro 2, 2010 às 1:00 pm

    Ontem estava discutindo com uns amigos sobre este assunto, e hoje resolvi pesquisar algumas coisas…
    o que estes meus amigos acreditam,é nisso tudo que foi colocado acima,big bang, explosões, um partícula miníscula que evoluiu, e criou o mundo que vivemos.
    Não sei como as pessoas ainda conseguem acreditar em tal absurdo,não sei como podem acreditar que o o universo e todos os planetas do seu sistema, foram capazes de se criarem do nada. Sim por que esta é a verdade, do nada. Como um átomo primordial menor que a cabeça de um alfinete pode ter criado isto tudo? pode ter criado coisas tão perfeitas?Como seria capaz de criar um sistema tão absolutamente perfeito, equilibranco, terra, sol, lua, para que tivesse vida na terra, e que ela daria as voltas exatas para que nós podessemos hoje ter quatro estações, tem como acreditar que tudo iss sujrgiu do NADA? É a mesma coisa que acreditar que o homem, evoluiu de um macaco, como o ser humano tão inteligente,que foi capaz de criar os carros, capaz de criar o avião, que pra mim é uma das maiores conquistas do homem,capaz de achar a cura para doenças, como o corpo do ser humano, que é tão fascinante, tão minimamente calculado para que funcione da maneira exata, pode ter evoluido de um macaco?
    Nunca acreditei em tal coisas e nunca vão me convencer a acreditar, não posso acreditar que TUDO tenha se criado de uma “explosão”, sei que a teoria é mais que isso, e que é o que muitos preferem acreditar, por que alguns cientistas, chegaram a conlusão de que assim tinha sido, bom sempre ouvi que cientistas eram malucos…
    A questão é que tudo isso pra mim não faz sentido, eu realmente acredito que DEUS criou todas as coisas com uma total perfeição, o que só um ser extremamente inteligente poderia fazer.
    Mas por que é tão difícil que as pessoas acreditem nisso? ” Nós nem sabemos se ele existe” é o que todos dizem, mas o engraçado é que quando precisam de ajuda, de proteção, de saúde, a quem recorrem? a Deus claro, então por que não acreditar que ele um ser inteligente que está nós céus, acima de todos nos, possa ter criado este mundo?
    Bom, só queria deixar minha opinião, essa discussão de Criacionismo X Evolucionismo, ainda vai muito longe e as pessoas são livres para acreditarem no que quizerem..não tenho como falar mais coisas por que, os dois lados, criacionistas e evolucionistas sempre vão ter argumentos para desbancar um ao outro, assim como a teoria do evolucionismo tem muitos furos, e acredito que os cientistas se sentem frustrados por não poderem explicar certos fenômenos, e nem criar uma teoria que não deixe brechas, o Criacionismo é para os que são capazes de acreditar sem ter milhares e milhares de teses e explicações, mas se quizermos levar o criacionismo para o lado científico, com certeza também encontraremos muitos argumentos, ou as pessoas acham não podemos usar a lógica? Você não precisa ser cristão para não aceitar a teoria do evolucionismo , que nada mais é, a teoria de que o o homem, o universo, e tudo foi criado do nada.
    Ontem um dos meus amigos me disse uma coisa que faz sentido,” Pode ter sido Deus a colocar aquele ponto minímo, que deu origem a todo o universo” o que acham?
    para quem se interessar, ou acredita nisso que eu escrevi, pesso que procurem ler, ou olhar as palestras que Silas Malafaia deu, falando sobre isso, é muito interessante, para que possamos ter argumentos, já que esses cientistas passam dias pensando frases e explicações que possam nós deixar sem respostas, por que eles simplismente não encontram respostas para tudo na sua ciência, e não venha me dizer que “a ciência pode provar sua teoria” uma teoria falha,com muitas brechas;
    Bom para mim é isto, não preciso ver para crer, Deus prova para os seus que ele é real, e dono de todas as coisas, mas por que Deus vai fazer maravilhas com quem nem acredita que ele exita?
    Um dia, que está proximo, todos nós saberemos qual é a verdade nisto tudo, e com certeza ninguem mais irá duvidar, do poder de Deus.

    Abraços Nathalia

  13. 14 alessandra
    abril 23, 2011 às 12:29 pm

    De onde começou tudo ? Até onde tudo vai durar ? Cientistas afirmam que somos poeira de estrelas,pois somos pequenos ao compararmos com todo o universo. Até onde o universo vai ? Onde é o fim ?
    O ser humano nunca vai descobrir ,nem todo a tecnologia desse mundo pode descobrir e provar!
    A Terra e os planetas do sistema solar se formaram da mesma nuvem de gás que deu origem ao sol.Há 2 bilhões de anos já havia cerca de um 1% de oxigênio na atmosfera da terra. Mais por que só a terra teve esse poder de vida ? assim como a terra outros planetas podem ter sofrido mudanças e terem hoje seres vivos, diferente de nós mais pode sim existir,devem ser diferentes pelo fato tambem da temperatura de cada planeta.
    são muitos os mistérios que cercam a nossa existencia !


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: